Ultrasom convencional e com Doppler

Ultrasom convencional

O exame de Ultrassom Convencional, ou Ecografia, é um método de diagnóstico por imagem bidimensional que auxilia na detecção de doenças ou alterações anatômicas, a partir da forma, do tamanho e da estrutura dos órgãos avaliados.

Este procedimento, com duração média de 30 minutos, é realizado por meio de ondas sonoras de alta frequência, responsáveis pela vibração dos tecidos e, consequentemente, pela produção de um eco – transcrito simultaneamente para o equipamento e convertido em imagens, em tempo real.

O exame é sugerido para avaliação inicial do estado de órgãos internos, como fígado e rins; análise de lesões ortopédicas em ligamentos e cartilagem; investigação de processos inflamatórios, doenças de depósito, formação de cálculos renais e na vesícula biliar; assim como rompimento de tecidos e estreitamento de vasos.

Além disso, o exame apresenta vários benefícios para a saúde da mulher, sendo fundamental para o monitoramento da saúde íntima, a avaliação de variações da anatomia habitual, a detecção de tumores e o acompanhamento gestacional.

A ultrassonografia não emite radiação e não possui contraindicações.

Como o exame é realizado

Para realizar o exame, o médico ou técnico de Radiologia posiciona o aparelho de ultrassonografia sobre a região que deve ser analisada. Durante o procedimento, o profissional utiliza uma sonda transdutora sobre a pele ou cavidade, com auxílio de um gel condutor, à base de água, e as imagens são formadas, imediatamente, na tela do aparelho, podendo ser acompanhada, também, pelo paciente.

Cada tipo de ultrassom exige preparos específicos. Portanto, é fundamental seguir as orientações clínicas.

Ultrasom com Doppler

Diferentemente da Convencional, a Ultrassonografia com Doppler permite avaliar a circulação dos vasos sanguíneos e o fluxo de sangue do corpo, o que torna possível a investigação de alterações nos vasos sanguíneos, como dilatação, estreitamento ou oclusão – que, em muitos casos, resultam em tromboses, varizes, aneurismas e doenças coronarianas.

Durante a gestação, o exame também é indicado para a medição do fluxo de sangue da mãe para o feto, por meio da placenta. Este é um método indolor e seguro, sem utilização de radiação e sem efeitos colaterais para os pacientes.

Como o exame é realizado

Assim como no Convencional, para realizar o exame de Ultrassom com Doppler, o médico ou técnico de Radiologia posiciona o aparelho de ultrassonografia sobre a região que deve ser analisada. Durante o procedimento, o profissional utiliza uma sonda transdutora sobre a pele ou cavidade, com auxílio de um gel condutor, à base de água, e as imagens são geradas em tempo real no aparelho televisor.

Cada tipo de ultrassom exige preparos específicos. Portanto, é fundamental seguir as orientações clínicas.